CURSOS

Ecocardiografia / Curso Básico

2018
Calendário
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Janeiro
  • -
Fevereiro
  • -
Março
  • -
Abril
  • -
Maio
  • -
Junho
  • -
Julho
  • -
Agosto
  • -
Setembro
  • -
Outubro
  • -
Novembro
  • -
Dezembro
  • -

Nº de Vagas

6

Indicado para

Cardiologistas que querem se iniciar no método, assim como ecocardiografistas mais experientes, que desejam reciclagem dos conhecimentos já adquiridos com introdução de novas tecnologias.

Pré-Requisitos

Graduação em medicina, de preferência especialista em cardiologia ou ecocardiografia.

Horário

9h

Aulas

Abertura do Curso.

Aulas teóricas:
 

  • Aplicação dos ultrassons – formação de imagens, emissão, reflexão, refração, atenuação, artefatos.
  • Tipos de fluxo: laminar, distúrbio, turbulência, hemodinâmica, Equação de Bernouille.
  • Utilização do Doppler – princípios
  • Tipos: pulsátil e continuo – quando utilizar?
  • Cálculo das velocidades e transmutação em pressões.
  • Gradientes. Integral das velocidades obtidas. Cálculo do débito cardíaco.
  • Mapeamento de fluxo em cores.- quando utilizar?
  • O que é aliasing?
  • Como manipular os principais comandos dos equipamentos.
  • Como otimizar imagens – dificuldades inerentes ao biotipo.
  • Apresentação dos equipamentos.
  • Como redigir um laudo ecocardiográfico – objetivos principais e sua conclusão.

Aula teórica:
 

  • Anatomia ecocardiográfica – principais cortes tomográficos.
  • Correlações anatômicas.
  • Identificação das estruturas.
  • Identificação das principais patologias por corte.
  • Posicionamento do transdutor – principais abordagens.
  • Posicionamento do paciente.
  • Modo M – seis medidas: nem mais, nem menos.
  • Viagem através do Doppler – das veias sistêmicas à aorta descendente.

Aula Prática com equipamentos próprios (e novos) da Escola: Vivid e (GE), Vivid S6 (GE), Vivid 3 (GE), M Turbo (Sonosite) + um equipamento fornecido por expositor (a ser contactado pela Escola). Total: 5 equipamentos (máximo de 2 alunos/equipamento).

Aula teórica:
 

  • Função contrátil ventricular.
  • Cálculo dos volumes ventriculares.
  • Principais parâmetros. Análise crítica da fração de ejeção.
  • Principais métodos: Teichholz, Simpson.
  • Conceitos do dP/dt e do stress sistólico parietal.
  • Função ventricular diastólica.
  • Dopplerfluxometria Convencional: via de entrada e veias pulmonares.
  • Doppler tecidual.
  • Velocidade de propagação do fluxo mitral (modo M colorido).
  • Como identificar obstrução da via de saída do ventrículo esquerdo?
  • Hipertrofia septal assimétrica do VE.
  • Como classificar hipertrofias?
  • O coração do atleta.
  • Conceitos de massa, índice de massa e espessura relativa das paredes.

Aula Prática com equipamentos próprios (e novos) da Escola: Vivid e (GE), Vivid S6 (GE), Vivid 3 (GE), M Turbo (Sonosite) + um equipamento fornecido por expositor (a ser contactado pela Escola). Total: 5 equipamentos (máximo de 2 alunos/equipamento).

Aula teórica:
 

  • Cardiomiopatias restritivas: simétrica, assimétrica.
  • Ventrículo pouco distensível – conceito.
  • Fisiopatologia da restrição ao enchimento ventricular.
  • Diagnóstico diferencial – miocardiopatia restritiva / pericardite constrictiva.
  • Cardiomiopatias dilatadas.
  • Etiologia.
  • Aspectos morfológicos.
  • Aspectos funcionais.
  • Disfunção diastólica restritiva.
  • Principais aspectos hemodinâmicos: fluxograma mitral, Doppler de veias pulmonares, velocidade de propagação do fluxo mitral.
  • Estenose mitral: anatomia, etiologias, aspectos morfo funcionais.
  • Quantificação da lesão: pressure haf-time, gradientes pico e médio, equação de continuidade.
  • Estimativa da pressão arterial pulmonar.
  • Abordagens para aferição dos gradientes.
  • Escores de Wilkins.
  • Insuficiência mitral: principais etiologias.
  • Aferição da severidade: vena contracta, fração de regurgitação, orifício regurgitante, repercussão hemodinâmica da lesão.
  • Associação com outras valvopatias.
  • Prolapso de vávula mitral: mixomatoso, clássico, não clássico, não prolapso.
  • Principais abordagens para o seu correto diagnóstico.
  • Identificação dos scallops pelos cortes tomográficos.

Aula Prática com equipamentos próprios (e novos) da Escola: Vivid e (GE), Vivid S6 (GE), Vivid 3 (GE), M Turbo (Sonosite) + um equipamento fornecido por expositor (a ser contactado pela Escola). Total: 5 equipamentos (máximo de 2 alunos/equipamento).

Aula teórica:
 

  • Valvopatia aortica: estenose e insuficiência.
  • Estenose aortica: diagnóstico diferencial com esclerose.
  • Equação de continuidade. Cálculo dos gradientes pico e médio.
  • Área valvar.
  • Insuficiência aortica: medida do PHT da regurgitação.
  • Fração de regurgitação. Vena contracta. Repercussão hemodinâmica.
  • Insuficiência tricuspídea – primária / secundária.
  • Aferição da pressão sistolica do VD. Classificação.
  • Insuficiência pulmonar. Medida da pressão diastólica da arteria pulmonar e do VD.
  • Próteses – histórico.
  • Tipos e modelos
  • Como avaliar o mismatch.
  • Valor do eco transesofágico.
  • Disfunção perivalvar.
  • Endocardite
  • Critérios da Duke University
  • Estruturas anatômicas que mimetizam vegetações.
  • Doença arterial coronária
  • Irrigação coronária e identificação dos territórios.
  • Correlação e identificação dos segmentos miocardicos.
  • Complicações da doença arterial coronária: infarto agudo, CIV pós infarto, ruptura de músculos papilares.
  • Alterações da contratilidade – acinesia, fibrose, discinesia (casos em video). Pericárdio e pleura.
  • Diagnóstico diferencial entre os derrames.
  • Quantificação.
  • Pericardite.
  • Tamponamento.

Aula Prática com equipamentos próprios (e novos) da Escola: Vivid e (GE), Vivid S6 (GE), Vivid 3 (GE), M Turbo (Sonosite) + um equipamento fornecido por expositor (a ser contactado pela Escola). Total: 5 equipamentos (máximo de 2 alunos/equipamento).

Aula Prática com equipamentos próprios (e novos) da Escola: Vivid e (GE), Vivid S6 (GE), Vivid 3 (GE), M Turbo (Sonosite) + um equipamento fornecido por expositor (a ser contactado pela Escola). Total: 5 equipamentos (máximo de 2 alunos/equipamento).

Encerramento do Curso às 12:00h.

Programação

Princípios Físicos dos Ultrassons Hemodinâmica dos fluidos Princípios físicos do Doppler

ALMOÇO

Descrição dos equipamentos

Laudo

Dr. Nathan Herszkowicz

Anatomia ecocardiográfica Medidas modo M e bidimensional

Doppler normal

ALMOÇO

Prática

Dr. Nathan Herszkowicz

Função sistólica

Função diastólica

Miocardiopatia hipertrófica.

Classificação das hipertrofias

ALMOÇO

Prática

Dr. Nathan Herszkowicz

Miocardiopatia restritiva e dilatada

Valvopatias (1)

Prolapso

Endocardite

ALMOÇO

Prática

Dr. Nathan Herszkowicz

Valvopatias (2)

Próteses

Coronariopatias

Pleura_Pericárdio

ALMOÇO

Prática

Dr. Nathan Herszkowicz

Prática

ENCERRAMENTO

Dr. Nathan Herszkowicz

Cancelamento e ou Desistência da Freqüência

Caso o cancelamento da inscrição seja solicitado por escrito até 30 dias corridos antes do início do curso Será devolvido 80% do valor pago, deduzidos todos os impostos recolhidos.

De 29 a 20 dias corridos antes do início do curso: Será devolvido 60% do valor pago, deduzidos todos os impostos recolhidos.

De 19 a 10 dias corridos antes do início do curso: Será devolvido 40% do valor pago, deduzidos todos os impostos recolhidos.

De 09 a 0 dias corridos antes do inicio do curso: Não haverá qualquer tipo de reembolso.

Clique aqui para entrar em contato

UNIECO - Escola de Imagem de São Paulo © 2017
Rua Peixoto Gomide, 515 - Conjuntos 53/54- Centro Médico Peixoto Gomide - Cerqueira Cesar (Metrô Trianon) - CEP: 01409-001 - São Paulo-SP
Telefones: (11) 3758-3381 | (11) 3596-3337 - E-mail: contato@escolaunieco.com.br
Desenvolvimento: Interpágina